10 coisas que você não deve fazer em uma viagem internacional

10 coisas que você não deve fazer em uma viagem internacional

inglês fluente
Principais dificuldades que os brasileiros encontram para ter inglês fluente
7 de dezembro de 2018
Show all

10 coisas que você não deve fazer em uma viagem internacional

viagem internacional - dicas

Fazer uma viagem internacional é uma mistura de sentimentos. De um lado, a excitação de conhecer novos lugares e culturas e, do outro, aquela apreensão pelo desconhecido. Nessa hora, nada melhor do que algumas dicas de quem já passou por essa experiência.

Existem leis e costumes muito diferentes do que estamos habituados. Sem um pouco de pesquisa e preparação pequenas coisas podem virar uma dor de cabeça. Portanto, para ajudar, listamos 10 coisas que você não deve fazer na sua viagem internacional. Confira!


Leia também:


1. Desconhecer a documentação exigida para viagem internacional

Antes de qualquer coisa, pesquise em embaixadas e consulados quais serão os documentos exigidos pelos destinos a serem visitados. Isso porque cada país tem sua legislação a respeito da entrada de turistas em seu território. Podem ser exigidos documentos como passaporte, visto, contratação de seguro viagem, comprovante de vacinação, entre outros.

Não deixe de conferir se vistos e passaportes já emitidos estão dentro da validade determinada, geralmente são pelo menos 6 meses a partir da data de embarque.

2. Não se planejar com antecedência

Para garantir os melhores preços de passagens e as melhores opções de hospedagem comece a planejar sua viagem com antecedência. É possível encontrar tarifas muito mais baratas comprando com alguns meses de antecedência e, se necessário, há opções de cancelamento e remarcação. A emissão de passaportes e vistos pode levar semanas, portanto, também precisa ser feita com prioridade. A falta deles pode impedir sua viagem.

3. Esquecer o controle financeiro

Compras, restaurantes, passeios, presentes, são muitas as tentações em uma viagem. Mas é preciso impor limites para não extrapolar suas possibilidades. Se tiver dificuldades para se controlar dê preferência aos cartões pré-pagos e dinheiro.

4. Não reservar assento nos voos

Para escolher os melhores lugares no avião, não deixe de marcar o assento no voo assim que possível. Do contrário, correrá o risco de ter que sentar próximo ao banheiro ou distante de familiares.

5. Chegar em cima da hora para o embarque

É desesperador chegar no limite da hora para o embarque e encontrar uma fila imensa para o check-in. Portanto, programe-se para estar no aeroporto cerca de 3 horas antes da partida e faça tudo com tranquilidade.

6. Levar o que não deveria…

Se não quiser ter suas malas reviradas e pertences descartados pela fiscalização, não deixe de consultar as listas de itens com restrição em voos internacionais. Elas podem ser encontradas nos sites das companhias aéreas e variam de acordo com o destino.

7. …e não levar o que deveria

Outra dica muito útil, mas que poucas pessoas seguem, é levar pelo menos uma muda de roupa na bagagem de mão. No caso de extravio de malas, você terá pelo menos uma troca de roupa garantida.

8. Viajar com roupas desconfortáveis

Viaje com a roupa mais confortável possível, de tecido macio e que não aperte. Qualquer roupa ou calçado que esteja incomodando “um pouquinho” estará insuportável após algumas horas de viagem.

Nos pés, utilize um modelo fácil de tirar e calçar, será ótimo durante a viagem e na hora de passar pela imigração (sim, é normal pedirem para tirar os sapatos). Pulseiras, colares, cintos também são retirados para passar no raio x então, tente não exagerar.

9. Se apavorar na imigração

Esse é o momento mais temido pelos viajantes, mas não há motivo para desespero. Lembre-se que nada é pessoal, os agentes estão apenas garantindo a segurança do país.

Esteja preparado para responder perguntas pessoais e sobre a viagem, evite fazer brincadeiras e não minta. Providencie documentos que comprovem suas informações, como vínculo empregatício, passagens de retorno, comprovante de hospedagem etc. Pode ser que nem precise apresentar todos eles, mas é melhor garantir.

10. Não pesquisar a cultura local

Jamais viaje sem conhecer pelo menos um pouco da cultura daquele local. Muitas vezes, apenas o modo de se vestir ou um gesto pode ser extremamente ofensivo para uma outra cultura. Procure se informar sobre os costumes sociais, principais leis e hábitos alimentares para não ter problemas.

Agora que você já sabe o que não deve fazer, portanto, já pode começar a programar sua primeira viagem internacional sem medo.

Gostou das dicas? Tem alguma dúvida? Então deixe nos comentários e ficaremos felizes em ajudar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat